Disfunções Sexuais

As disfunções sexuais interferem tanto na qualidade de vida das mulheres quanto no relacionamento com os seus parceiros.

A Dispareunia é uma das principais causas de incômodo no momento do ato sexual. A dor pode ser sentida durante, o que é mais comum, mas também pode ocorrer antes e depois da relação. Assim como a intensidade varia de pessoa pra pessoa, desde um pequeno desconforto até uma forte dor aguda.

A dor acaba levando à rejeição ao ato sexual, trazendo grandes consequências para o relacionamento com o parceiro.

O vaginismo é causado pela contração involuntária dos músculos perineais, mais especificamente os músculos Pubococcígeos que envolvem o canal da vagina. Com a contração destes, o óstio vaginal diminui de diâmetro muitas vezes deixando inviável o acesso à vagina, seja ele no exame ginecológico, com um espéculo ou com a penetração do órgão sexual masculino.

A fisioterapia uroginecológica tem se mostrado uma alternativa eficaz na resolução dessas disfunções tendo como objetivos o equilíbrio da musculatura pélvica, alívio da dor, a melhora da vascularização e função perineal levando a uma atividade sexual satisfatória.